Sexta-feira, 13 de Junho de 2008
11. Cidadão de Lisboa e do mundo

Santo António de Lisboa (cidade onde nasceu por volta de 1195) , ou de Pádua (onde viria a falecer 39 anos mais tarde, a 13 de Junho), é

 santo de todo o mundo.

Homem de fé e de ciência - notória bem cedo a sua paixão pela ciência e pela cultura - é conhecido e invocado sobretudo pelo povo humilde, os fracos e os oprimidos, aquele que viria a ser declarado Doutor da Igreja e Mestre da Fé.

A sua vocação franciscana faz dele o mais santo dos portugueses e o mais português  dos santos. Muito antes da Era da Globalização, foi sem dúvida o mais universal e é o mais universalmente conhecido dos Portugueses.

Como dizia o igualmente brilhante P. António Vieira: "se para nascer lhe bastou Lisboa, para viver lhe faltou o mundo (...)"

Conquistou  através dos séculos o coração de todos, pequenos e grandes, sábios e ignorantes, pobres e ricos, entre gentes e povos muito diferentes, tornando-se uma referência em qualquer lugar.

 

"SE MILAGRES DESEJAIS, RECORREI A STº ANTÓNIO..."

 

 

foto by  P. Alfacinha

 

LISBOA - 13 de JUNHO - Dia de Stº António

 

A sociedade e cultura portuguesas estão desde há muito "impregnadas" pela religiosidade e fé católicas, mas, simultâneamente, abertas a outras abordagens e formas de ESPIRITUALIDADE - O nosso lema é: " SEJA BEM VINDO QUEM VIER POR BEM" - pois, cada um é livre de  a c r e d i t a r  no que entender (convém, contudo manter -se atento, para distinguir o pouco trigo do  muito joio ...)

 

Magasin ésotérique


sinto-me: abençoada, por ser lisboeta
música: "Miserere"

publicado por P.Alfacinha às 15:01
link do post | comentar | favorito
|

."Alfacinha" cosmopolita
.Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
27
28
29

30
31


.Fazer olhinhos